Cinema e Filmes · Metas · Organização Pessoal e Bullet Journal

Dezembro/16 – Metas

📖 Leitura: finalizar a série do Orfanato das Crianças Peculiares (estou no livro 2)

🎞 Filme: Rogue One (a partir de 14/12 nos cinemas)

📺 Série: Gilmore Girls (atrasadinha da estrela)

⛱ Viagem: praia!!! Vamos no próximo fim de semana para o namorado conhecer meu pai

🎁 Presentes: espero ganhar alguns presentes de Natal. Entre eles, uma furadeira do meu pai 🙂

💻 Jogo: League of Legends, quero pegar o level 20 até o fim do mês!

💜 Relacionamentos: espero poder ficar perto da minha família e passar o ano com meu namorado – será nosso primeiro reveillón juntos.

 

Cinema e Filmes · livros

Jojo Moyes Fever (A febre Jojo Moyes)

Eu já comentei aqui que leio muito e que leio de tudo. Minha autora do momento é a Jojo Moyes e seus romances divertidos.

Fiquei sabendo da existência de Jojo com o filme “Como eu era antes de você” que, salvo umas pequenas diferenças, é bem próximo do livro. Li a sequência “Depois de você” e engatei no “Nada mais a perder“, que não faz parte da sequência.

Jojo escreve romances. Não são histórias super complexas, mas são histórias sobre pessoas. A abordagem é mais direta e a leitura é bem rápida, o que facilita muito para quem curte uma leitura matinal no metrô (essa vida vai acabar, yey).

Não espere clássicos, não são. Assim como outros autores fenômeno – Dan Brown, E. L. James, Kiera Cass – eles lançam uma dúzia (ou menos) de livros, criam alguns personagens marcantes, viram filme (às vezes) e… Pronto. Não vão ser clássicos da literatura mundial estudados nas escolas. Acho que J. K. Rowling conseguiu isso, mas tenho minhas dúvidas quanto aos citados acima. Jojo está ali: não será clássico, mas é uma leitura divertida e eu curti muito acompanhar as histórias tanto da Louisa Clark quanto da Sarah Lachapelle – aliás, me apaixonei por ambos os personagens, a Lou por ser uma menina atrapalhada e que “não sabe o que está acontecendo” e a Sarah por ser muito astuciosa e querida.

jojo-moyes
Essa é a Jojo. Dá vontade de ser amiga dela, né?

Jojo Moyes trabalhou por quase 10 anos no The Independent – você vai notar uma certa coerência de manuais de redação no texto, que são extremamente fluídos e fáceis de ler – e começou a lançar seus romances em 2002. Já são mais de 10 livros com uma adaptação para o cinema, além de ter ocupado a lista de mais vendidos em 9 países com “Como eu era antes de você”. Sucesso, né?

E você, leu e curtiu algum livro da autora?

Cinema e Filmes

5 motivos para você ver Doctor Strange (Doutor Estranho)

Motivo 1

Benedict Cumberbatch

tumblr_o5km97wmbo1qewsw4o2_500

Ele é o Sherlock Holmes da série Sherlock. E ele é um cara diferente, ele não é especialmente bonito, mas ele tem um charme, comumente chamado de borogodó. E ele é um bom ator, é um cara que consegue ser engraçado mas também consegue ser sério. É uma delícia ver a evolução dele como personagem ao longo do filme, porque – apesar de corrida – não é forçada, ele conseguiu deixar como algo bem natural.

Motivo 2

Efeitos Especiais

giphydr-stephen-strange-doctor-strange-2016-39801012-500-208

Eu tentei achar mais mas, como não quero dar spoiler, vou colocar só esses. Os efeitos especiais do filme são realmente muito bons, seja nas batalhas nas ruas, com um mosaico acontecendo enquanto as cenas de ação se desdobram, seja nos feitiços dos personagens, o filme é LINDO.

Motivo 3

Alívio Cômico

Conseguiram colocar piadas no meio de uma história super triste e o negócio funcionou. Em partes, pelo carisma dos personagens mas também por conta de um roteiro bem amarradinho.

Motivo 4

A história é boa

Muito além de um milionário que decide salvar o mundo, Doctor Strange conta uma história de pessoas. Não é pra ser crível porque, poxa, é filme de super-heróis, mas só o fato de ele ser humano e ter atitudes tão humanas deixa o lance mais complexo do que parece ser a princípio. Fora isso, o personagem tem um universo bem interessante que, bem explorado, pode levar a uma série de outros filmes – ou até a uma série spin off WHY NOT? (Eu já vou sonhando lá no alto)

Motivo 5

Tilda Swinton

strange1-0

Eu acho que Tilda é uma das maiores atrizes da atualidade. Poucas pessoas são tão versáteis e, apesar de ser apenas coadjuvante, ela tem uma participação expressiva. Dessa vez, a atriz camaleão aparece com a cabeça completamente lisa e movimentando-se com destreza – parece uma bailarina. Tilda é o tipo de atriz que você não imagina em filminho de herói, né? Mas acho que a escolha foi muito acertada.

Bônus – GIFS DA TILDA