Quero uma cozinha dos sonhos?

E é uma pena que ela não cabe no meu orçamento financeiro e nem emocional.

Boa parte da minha dificuldade de cozinhar vem do fato de que nem sempre tenho os instrumentos necessários para tal. Sei que preciso trocar meu descascador de legumes, arrumar um fouet decente, um amassador de legumes que funcione bem ou um passa-salada… Itens que eu já tive mas que estragaram com o uso ou se perderam em uma das minhas muitas mudanças.

Eu não preciso desses utensílios para cozinhar, mas eles facilitam bastante a vida e eu sinto falta dessas facilidades, assim como sinto falta de ter pelo menos uma hora para bater um bolo decente, na batedeira, com claras em neve e manteiga fofinha… Ou de fazer um yakissoba decente ou massa de pizza ou macarrão de verdade.

Meu namorado fez massa fresca esses dias. Viu uma receita que gostou, com sêmola e muitos ovos – a massa fica meio durinha mas linda linda, bem amarela – foi lá e fez. Não sabia o ponto da massa, consistência do corte, só viu o vídeo e foi fazer. Confesso que tive um pouco de inveja – por ele ter esse tempo livre e por ele querer e fazer algo e ponto, assim, sem pensar em utensílios, técnicas e preparos mirabolantes, só pegando e fazendo.

Ontem, foram tortinhas com recheio de espinafre, cottage e frango. Usou os dois ramekins que, até então, só tinham visto uma tentativa de suflê e estavam há anos no armário, assim como a forminha de torta, que também só usei uma vez para fazer uma torta de maçã verde decadente.

Percebi que tem anos que eu faço o trivial – gostoso, às vezes com um toque mais gourmet, mas ainda assim trivial – muito bem, mas não passo disso. Não pego mais uma receita e “quero fazer” e pego e faço. A última vez que fiz isso, tinha 17 anos mais ou menos, e lembro porque fiz um bolo que vi num livro e fiquei doente no mesmo dia. Eu tinha bastante disposição de sair, pegar a bicicleta, ir até o mercado, comprar o que precisava, voltar para casa, fazer o bolo, a torta ou a comida que me dispusesse. Não tenho mais, tudo é cansaço ou outras obrigações.

Precisa fazer exercícios, trabalhar pelo menos 8h por dia, prazos, entregas, luta, manter a casa limpinha, lavar roupas, lavar louça, tomar banho… Passar no mercado e preparar uma refeição ou sobremesa do zero exige mais do que uma logística e planejamento de tempo, mas vai junto a base da minha estrutura emocional diária – e, se dá alguma coisa errada, a frustração vem em uma onda pesada para dar um caldo.

E eu fico irritadiça por dias depois disso e essa raiva (que não é dos outros, é só minha) acaba respinga em todos os aspectos da minha vida: no trabalho, na família e nas minhas amizades. Você acha que um bolo é incapaz de destruir uma cidade porque não me viu com ódio de ter colocado um ovo podre na mistura que estava quase pronta para ir ao forno…

Tudo isso volta para a questão financeira e para o meu total e completo descontrole de grana. Não economizo porque não tenho dinheiro, não tenho dinheiro para comprar os acessórios necessários, não cozinho porque não tenho os acessórios, logo eu não cozinho por falta de dinheiro.

Todos aqueles legumes e grãos em casa e eu tenho a pachorra de dar a desculpa dos acessórios… A verdade verdadeira é que estou exausta – da vida, dos problemas, da falta de grana, da minha relação toda errada com a comida – e isso acaba se refletindo em tudo que faço ou o que deixo de fazer.

Não tenho depressão, não sofro de ansiedade, mas sou uma atleta praticante do boicote próprio, por isso não faço o que deveria e passo horas me lamentando por isso. Já busquei algumas soluções, já tentei terapia, mas sigo não conseguindo entender o porquê dessa angústia crescente e dessa má vontade de viver.

Se alguém tiver um bom conselho, a hora é agora. Até eu começar a me mexer, vou aqui ficar sonhando que sou uma grande chef proprietária de um fouet de ouro.

Anúncios

Deixe um comentário (é só preencher nome e e-mail)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.