Desabafos e outros dramas · Organização Pessoal e Bullet Journal

Aprendendo a ser produtiva de manhã

Se tem uma coisa que aprendi nesse lance de vida saudável é que dormir e acordar são as duas partes mais importantes do dia.

Dormir bem ajuda o corpo a metabolizar tudo que você consumiu no dia e realizar absorção correta de nutrientes, fora que descansa a musculatura depois da academia e, né, tem todo o lance de chegar no sono profundo e tudo o mais. Dormir é bem legal.

O que não tem muita gente que fala é sobre acordar bem. Meu, é bom demais acordar bem.

Quando você dorme bem e seu corpo relaxa, a possibilidade de acordar bem é maior. Seu corpo entende que está na hora de levantar, por isso é importante tentar manter uma rotina de 8h de sono. Fora isso, dá pra ser muito produtivo logo cedo. Há alguns métodos interessantes e o que mais me chamou a atenção foi o “Morning Glory”.

Assim, li o livro e me parece uma coisa mais de auto-ajuda. Eu não sou muito fã de seguir métodos milagrosos de resultados que nada mais são do que condicionamento cerebral. Porém, adaptar algumas coisas que eu gosto e encaixar elas na minha rotina naturalmente tem me feito um bem danado e tem diminuído a sensação de que meus dias não são proveitosos.

pexels-photo-64775
Fonte

Eu dividi meus despertadores e minha manhã assim:

5h30: acordar e meditar: que na verdade não é meditação, é sentar na cama, respirar fundo e tentar não pensar em nada negativo;

5h40: afirmar: falar para mim mesma tudo o que quero fazer ou realizar no dia. Parece bullshitagem, mas é meio que uma listinha mental que você vai riscando, então é mais fácil se manter nesses objetivos.

5h50: exercícios: simmmm, eu faço exercícios pelo menos duas vezes no dia. Como o chuveiro da academia que estou agora é meio “de lua”, optei por fazer academia de noite, então de manhã eu faço alguns exercícios aeróbicos – 5 min de polichinelos, 5 minutos de pulos (como se pulasse corda), 3 séries de 15 agachamentos normais, 3 séries de 15 agachamentos com peso, 3 séries de 15 agachamentos com salto, 3 séries de 15 agachamentos abertos, 3 séries de 15 “bailarinas” (levantar as pernas alternadamente), 3 séries de 15 “coices” e alterno tudo isso com 100 abdominais entre cada exercício. Essa é a minha rotina porque eu estou BEM acostumada com academia, então não comece fazendo nada do tipo se você for seguir o método. Tenta fazer coisas que você goste.

6h30: leitura: sim, ler logo cedo! Pode até ser as notícias, mas eu pego o meu livrinho, sento na cama (uso uma toalha pois SUOR hahahaha) e leio. Era um hábito que eu vinha abandonando, principalmente porque eu lia prioritariamente no transporte público. Agora não, leio em casa.

7h00: banho e arrumar a cama: nem preciso explicar. Tento fazer tudo com calma, mas rapidamente, pra manter o ritmo ao longo do dia.

7h30: café da manhã: como o meu horário de sair é 8h30, eu tenho UMA HORA pra preparar e tomar meu café da manhã. Deixo algumas coisas no jeito, tipo o mamão cortadinho ou coloco o café pra coar antes de ir para o banho. É importante otimizar o tempo o máximo possível, então deixo tudo meio que pronto no dia anterior. Sento, coloco um episódio de alguma série e assisto o que dá (escolho coisas de 20 minutinhos pra sempre ver inteiro hahahaha). Comi algo saudável, sem correria e ainda vi um episódio de uma série, isso sim é otimização!

8h30: eu saio de casa e já fiz exercícios, porque se não dá tempo de fazer de noite pelo menos eu fiz alguma coisa, já tomei banho e me refresquei (ou me esquentei), já li, já vi um episódio de uma série e já comi algo saudável, que vai me satisfazer até a hora do lanche da manhã.

E por quê essa rotina? Porque eu sou ansiosa, eu curto uma auto sabotagem e porque eu PRECISO de uma rotina para me manter nos eixos, especialmente quando eu suponho que o mundo e o universo inteiro estão contra mim.

Essa rotina tem sido essencial para eu começar a manhã BEM e ter um dia mais produtivo, menos distraído e mais focado.

Coisas que eu tenho evitado:

  • Usar o celular durante a rotina matinal;
  • Ficar “parada” ou pensando muito, eu já vou fazendo;
  • Achar que um dia não vai fazer diferença. Vai sim;
  • Ficar procurando desculpas para não fazer as coisas. Mesmo que elas não sejam perfeitas todos os dias e eu esqueça de comprar ovos para o café da manhã, ainda assim dá para ter um bom dia. Foco nas coisas boas. Foco na produtividade do corpo.
  • Apertar o botão soneca;
  • Chorar.

E tem dado certo. Não é método da felicidade nem nada, é o que dá pra fazer e consegui adaptar para mim e minhas necessidades.

Um passo de cada vez, um dia de cada vez, uma manhã de cada vez…

 

Anúncios

4 comentários em “Aprendendo a ser produtiva de manhã

    1. Como assim te perdi? 😦
      Eu tiro por mim, Bru, eu choro MUITO e evitar chorar, pra mim, é uma coisa necessária. Eu preciso tomar cuidado pra não começar o dia chorando e ficar na cama encolhida sem vontade de fazer nada.

      Curtir

  1. Adorei. Também preciso de uma rotina bem certinha pra não desistir de tudo ou para não achar que o dia já começa bosta. Entendo perfeitamente e acho maravilhoso que você consiga fazer TUDO isso antes de sair de casa!Fiquei curiosa pra saber como é a sua rotina à noite!

    Curtir

    1. Hmmm, acho que vou montar post hahaha… Sim, de manhã eu tenho tentado ser bem produtiva – ainda falho em alguns dias, mas espero que, com a nova casa e o bullet journal, fique mais tranquilo pra organizar isso também.

      Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s