Desabafos e outros dramas

Você sabe o que é auto sabotagem?

Eu amo começar projetos novos. Eu não termino nenhum deles.

Hoje eu acordei 5h30 da manhã com o despertador tocando. Eu passei duas horas olhando para o teto e pensando “o que raios eu estou fazendo com a minha vida?”. Acabei perdendo a academia que eu precisava (mesmo) ir e usei um tempo absolutamente desnecessário no banho. Desculpa, Cantareira, eu precisava.

matchstick-fire-light-striking-66267
Fonte

Pensar no que eu estou fazendo é o meu meio mais prático de me auto sabotar. Eu deixo de fazer as coisas porque passei muito tempo pensando em como faria aquilo. Veja bem, não é uma ponderação do porquê de fazer algo, que nos leva a tomar decisões acertadas. É uma busca incessante pelo “como” – e aí, queridos, para quem tem ansiedade esse “como” nada mais é do que buscar uma perfeição que não existe.

Vamos dar um exemplo prático? Vamos.

Preciso ir para a academia todos os dias, duas vezes ao dia.
A lista abaixo são as desculpas que usei para mim mesma na última semana:

  • Meus tênis estão com chulé, preciso deixar eles com talco.
  • Preciso comprar roupas de ginástica. As que eu tenho, não sei onde estão.
  • Eu não sei onde elas estão porque meu armário está bagunçado. Sendo assim, eu só poderei ir para a academia quando arrumar o armário e encontrar as roupas.
  • Todas as minhas roupas estão enormes, então vai mesmo que eu encontre-as, não sei se vou conseguir usar.
  • Preciso ter dinheiro para comprar as roupas. Vou procurar um freela, quando terminar o freela eu posso voltar a fazer academia.
  • Esse mês eu não sei se consigo pagar a academia porque tenho dois eventos sociais para ir.

E assim vai. Não para, essa lista é enorme.

Agora, vamos lá, a lista de razões pelas quais eu preciso fazer academia e o porquê de eu sabotar cada uma delas com essa lista de desculpas:

  • Quero emagrecer (sigo odiando meu corpo todos os dias mas tenho medo de emagrecer e ficar parecendo um mini-craque, além do quê o meu ex falava que eu ficava feia magra, meu rosto era igual ao da noiva cadáver. Eu não vou mais poder falar que eu tenho orgulho do meu corpo e falar “ame-se como você é” porque corro o risco de ouvir “você diz isso porque é magra” e eu morro de medo de ser essas pessoas que é gordofóbica ou corpofóbica sem perceber. Fora tudo isso, eu acho que fico me sabotando porque acho que não mereço ser feliz – o meu ex que dizia que eu ficaria feia sempre me disse que eu não merecia felicidade nenhuma. Ele foi muito abusivo e o relacionamento foi bem longo, ainda não consegui me livrar desses anos de abuso).
  • Preciso cuidar da minha saúde (esse medo de morrer é balela, eu morro de medo de viver, é por isso que eu fico pensando tanto em questões tipo “se eu me jogar da janela do terceiro andar, será que vão achar que eu quero chamar atenção?”. Idiotice pura, eu sei… O problema é que, comendo mal, bebendo muito e fumando, eu estava me jogando da janela do terceiro andar todos os dias. Agora eu não me jogo mais e isso sim me assusta…)
  • Quero ficar forte para nenhum cara mexer comigo na rua (mas se eles mexem eu morro de medo de falar alguma coisa, no geral é difícil mexerem comigo mas eu sempre fico sem reação, o problema é que se eu for ficar forte, eu vou emagrecer e seu eu emagrecer, provavelmente mais caras vão mexer comigo na rua… Eu era mais feliz quando eles não mexiam, mesmo sabendo que era só sorte, porque eles mexem com mulheres que tenham qualquer tipo de corpo).

Vocês conseguem ver quanta coisa ruim tem para cada coisa boa?

É assim que você fica preso em iniciar projetos e não terminar nenhum deles. Nada, nunca, em momento nenhum da sua vida, está bom o suficiente ou certo o suficiente.

“Você se sabota porque morre de medo que as coisas deem certo.” – Sim e não. Eu quero que as coisas deem certo mas eu não quero mexer um dedo para isso, eu fico esperando e aguardando que essas coisas mudem, como se eu fosse emagrecer e ficar com glicemia 70 só de ficar sentada na frente do computador…

Eu dei UM exemplo, o da academia… Porém isso tem acontecido em TODOS os aspectos da minha vida. Bullet journal? Não comecei, porque não achei o caderno ideal moleskine frufru com pontinhos. Instafitness? Tiro foto e paro. Minha vida é uma sitcom no Snapchat? Nope, só apareço de vez em quando. O blog pra falar de moda e look do dia? Tá aqui, recebendo esse texto – necessário porém fora da temática – em vez de uma foto linda.

O problema é que achar problemas é um vício – quanto mais você procura problemas que te impeçam de fazer algo bacana, mais e mais você vai fazer.

É por isso que admiro tanto essas pessoas que “fazem”, essas pessoas que tem uma ideia, que iniciam um projeto e tocam pra frente.

Um dia, eu quero ser a pessoa que “faz” mais do que a pessoa que inventa desculpas para não fazer (e “um dia” é uma forma de auto-sabotagem também).

Sugestão de leitura

Anúncios

Um comentário em “Você sabe o que é auto sabotagem?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s